quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Com o Senhor...


Falarei do teu grande amor
Renovado em tua presença
Andarei por tua Palavra
No Caminho do eterno amor
Confiarei em tua graça
Irresistível a me chamar
Sou pra sempre o teu Filho
Cuidado pelo teu olhar
Olhar de infinita misericórdia

Mauricio Baniski

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Família é feita com o coração.


"Família que tem um filho só,
Família que é diversão,
Família que mora longe,
Família cheia de irmãos,
Família que a gente adota,
Família feita de amigos,
Família de todos os tipos,
Família por opção,
Família é o verdadeiro laço,
Afinal, é tudo família."

Mensagem que encontrei num presente da Imaginarium

O nascimento do Rei


"O anjo disse aos pastores de Belém: “Não temais, porque vos trago novas de grande alegria para todo o povo; é que hoje na cidade de Davi, vos nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lc 2.10,11).

Os céus de Belém se cobriram de anjos e uma música ecoou desde as alturas: “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens a quem ele ama” (Lc 2.14).

Devemos celebrar o nascimento de Jesus com entusiasmo, com gratidão e com louvor em nossos lábios. O Natal foi planejado na eternidade. Foi prometido no tempo. Anunciado pelos profetas. Cumprido na plenitude dos tempos. Deus entrou em nossa história, encarnou-se, vestiu a nossa pele e calçou as nossas sandálias. Jesus veio ao mundo não apenas para estar ao nosso lado, mas para ser o nosso substituto. O Rei dos reis fez-se servo.

Sendo rico, tornou-se pobre. Sendo santíssimo, fez-se pecado. Sendo o autor da vida, morreu em nosso lugar.

O nascimento do Rei foi um golpe no orgulho dos poderosos. O Rei dos reis não entrou no mundo vestido das glórias celestiais. Ele não nasceu num palácio, mas numa estrebaria. Não pisou tapetes aveludados, mas andou pelas estradas poeirentas da Palestina.

Não usou um cetro de ouro, mas empunhou um cinzel na dura faina de uma carpintaria. Não veio ostentando poder, mas esvaziou-se e tornou-se servo. Não reivindicou seus direitos, mas humilhou-se até a morte e morte de cruz.

O nascimento do Rei aponta-nos para o insondável amor de Deus. Ele nos amou desde toda a eternidade. Deus nos amou não porque merecíamos ser amados. Amou-nos quando éramos fracos, ímpios, pecadores e inimigos.

Ele amou-nos sendo nós filhos da ira. Amou-nos e deu-nos seu Filho Unigênito. Deu-o como oferta pelo nosso pecado. Entregou-o para ser cuspido pelos homens e ser pregado numa cruz como nosso substituto.

O nascimento do Rei revela que há uma estreita conexão entre a manjedoura e a cruz.

O Rei da glória entrou no mundo como o Cordeiro de Deus. Ele nasceu para morrer. Jesus é o nosso Cordeiro Pascal. Ele foi imolado em nosso lugar. Seu sangue foi vertido para expiar os nossos pecados. É pela sua morte que recebemos vida. É pelo seu sacrifício que somos perdoados, remidos e reconciliados com Deus.

O nascimento do Rei abriu-nos o caminho de volta para Deus. Ele mesmo é o caminho do céu. Ele é a porta da glória. Por meio dele temos livre acesso ao Pai e podemos entrar confiadamente na presença daquele que está assentado no trono.

É por meio de Jesus que somos reconciliados com Deus. É por meio de Jesus que recebemos vida em abundância. É por meio de Jesus que somos adotados na família de Deus, somos feitos filhos de Deus, e nos tornamos herdeiros de Deus.

O nascimento do Rei é a festa da vida e da salvação. Precisamos resgatar o verdadeiro sentido do Natal.

Precisamos devolver o Natal ao seu verdadeiro dono. Precisamos como os magos do Oriente, ir a Jesus para adorá-lo, depositando a seus pés os nossos melhores tesouros, pois ele é digno de receber toda honra, toda glória e todo o louvor."

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Natal - Tempo de Renascer


O nascimento de Jesus é o começo de uma linda história de redenção. Através do seu nascimento Jesus não apenas trouxe esperança para a criação, como também se fez esperança. Através de seu ministério Ele reconstruiu a história. E, não apenas a humanidade, mas toda a criação que havia sido afetada com a morte e a destruição como recompensa pelo pecado do homem é agora restituída à vida, pela santidade de Jesus. Jesus viveu uma vida plena de santidade e obediência a Deus o que o fez apto a tornar-se o sacrifício suficiente pelo resgate da criação divina, que estava sob o domínio do poder das trevas.

Hoje, celebramos dias de natal. Natal é o sinal de uma nova vida. Natal é Jesus nascendo em cada um de nós todos os dias. Natal é Cristo em nós, a esperança da glória.

Quando pensar nesta data tão importante em nosso calendário cristão, lembre-se que este dia é um sinal da graça divina. Jesus não nasceu apenas em Belém, a pouco mais de dois mil anos. Ele nasce em nosso coração todos os dias, quando decidimos segui-lo, obedecendo a sua Palavra e fazendo a sua vontade.

Deus o abençoe neste Natal com o maior PRESENTE - O nosso Senhor Jesus Cristo

Paz;

Pastor Mauricio Baniski

domingo, 19 de dezembro de 2010

Algumas coisas importantes a aprender com a arca de Noé


1) Não perca o barco.

2) Lembre-se de que estamos todos no mesmo barco.

3) Planeje para o futuro. Não estava chovendo quando Noé construiu a Arca.

4) Mantenha-se em forma. Quando você tiver 60 anos, alguém pode lhe pedir para fazer algo realmente grande.

5) Não dê ouvido aos críticos; apenas continue a fazer o trabalho que precisa ser feito.

6) Construa seu futuro em terreno alto.

7) Por segurança, viaje em pares.

8) A velocidade nem sempre é uma vantagem. Os caramujos estavam a bordo com os leopardos.

9) Quando estiver estressado, flutue por um tempo.

10) Lembre-se, a Arca foi construída por amadores; o Titanic por profissionais.

11) Não importa a tempestade, pois quando você está com Deus há sempre um arco-íris te esperando.

(não sei o nome do autor)

Vale dos sentimentos


"O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba" ( I Co. 13:4 ao 8).

Era uma vez um lugar chamado Vale dos Sentimentos.
Lá moravam todos os sentimentos do mundo, cada qual com o seu nome: Alegria, Riqueza, Sabedoria, Determinação...
Apesar de serem tão diferentes, se davam muito bem.
Até os sentimentos como Orgulho, Tristeza e Vaidade não tinham problemas entre si.

Mas era lá no fundo do vale, na última das casinhas, que morava o mais bonito dos sentimentos: o Amor!
Ele era tão bom que quando os outros sentimentos chegavam perto dele, ficavam mudados porque eles sabiam que, dentre eles, o Amor era o melhor!
Porém, no mesmo vale, num lugar mais afastado havia um castelo!
E lá também morava um sentimento, só que não tinha nadinha de bom... Era a Raiva!
E a Raiva, de tão ruim que era, não gostava dos moradores do vale!
Por isso, quando acordava de mau humor, fazia de tudo para estragar a beleza do lugar.

Certo dia, teve uma idéia.
Foi até o calabouço e preparou a poção mais esquisita e estraga-prazeres de que se teve notícias!
A fumaça da poção tomou conta do vale e se transformou numa tempestade como nunca se tinha visto antes.

Quando o vale se encheu de raios, chuva e vento, todos correram para se proteger.
O Egoísmo foi o primeiro a se esconder, deixando todos para trás.
A Alegria deu risada de alívio por ter se salvado rapidinho.
A Riqueza recolheu tudo que era seu antes de se abrigar!
A Tristeza, a Sabedoria, a Vaidade, todos conseguiram chegar em suas casas a tempo!

Todos, menos o Amor.
Ele estava tão preocupado em ajudar os outros sentimentos que acabou ficando para trás.
Então uma coisa aconteceu! Um raio bem forte caiu sobre o vale atingindo o Amor.
A Raiva deu sua tarefa por cumprida e foi dormir.
Quando a tempestade passou, os sentimentos puderam abrir as janelas aliviados.
Mas ao saírem eles sentiram uma coisa diferente no ar.
Algo que nunca tinham sentido antes.
Foi então que eles viram o que tinha acontecido com o Amor.

- Ele não se mexe!
- Tá tão parado que até parece que... morreu?!
A Tristeza se pôs a chorar!
O Orgulho não aceitava. Disse que era mentira!
A Riqueza falou que era um desperdício!
E a Alegria, pela primeira vez, não sorriu!
Foi aí que uma coisa estranha começou a acontecer.
Os sentimentos começaram a ter desavenças,
porque sem o Amor para uní-los, as diferenças apareceram!
A situação já estava bem ruim quando eles repararam que estavam sendo observados.
Alguém que eles nunca tinham visto ali antes.
Então, o estranho se ajoelhou na frente do Amor, tocou-o calmamente e ele abriu os olhos!
- Ele não morreu! O Amor não morreu! - gritaram os outros sentimentos!

Foi aí que todos souberam o nome do estranho: Tempo.
E comemoraram, porque o Amor estava vivo e porque não há nada que acabe com o Amor, tendo o Tempo ao seu lado para ajudá-lo.
E a paz e a harmonia voltaram ao Vale dos Sentimentos.
Sabe o que aconteceu com o Amor e com o Tempo?
Eles se casaram e tiveram três filhos: Experiência,
Perdão e Compreensão, que moram lá no fundinho do coração!
'Quando procuramos o bem nas outras pessoas descobrimos
o que há de melhor em nós mesmos.'

(Não sei quem é o autor deste texto.)

sábado, 18 de dezembro de 2010

Deus sente saudade...


Deus sente saudade do seu povo. A Igreja é a menina dos olhos de Deus, a noiva do seu Filho, o templo do Espírito Santo. Somos preciosos para Deus.

Ele se deleita em nós com alegria. Ele sente saudade de nós. O coração de Deus se move de amor por você.

Ele tem saudade daquele tempo quando você o conheceu, quando você se afeiçoou a ele e entregou-lhe o coração.

Deus tem saudade daquele tempo em que você se deleitava nele e tinha prazer de ler sua Palavra e falar com ele em oração.

Deus tem saudade daquele tempo que você vinha à sua Casa exultando de alegria e cantava louvores a ele com todo o fervor da sua alma.

Deus tem saudade daquele tempo quando seu coração era totalmente dele e você descansava nele nas horas da sua aflição.

Examine seu coração! Tome a pulsação da sua própria alma. Não deixe a chama do seu amor apagar-se.

Muitos, como os crentes de Éfeso já abandonaram o seu primeiro amor (Apocalipse 2.1-4). Há corações que já não vibram mais pelo Senhor.

“Lembro-me de ti [...], quando eras jovem e do teu amor [...], e de como me seguias no deserto, numa terra em que se não semeia.” Jeremias 2.2

(Extraído de Cada Dia, LPC Publicações – parte da mensagem do dia 18 de novembro de 2010.)

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Estamos a caminho...


"Através dos sonhos vivemos cada dia com expectativas de mudanças...

Através das mudanças buscamos novos caminhos...

Através dos dos caminhos que escolhemos, determinamos a nossa vida...

E através da vida, temos a oportunidade de conhecer pessoas especiais que nos ensinam a criar um mundo novo todos os dias, fazendo da nossa existência uma dádiva ainda maior."

Mensagem que recebi hoje, pelo dia do pastor. Obrigado Ministério Ágape. Meu muito obrigado a todas as mulheres da nossa Igreja.

Etapas!!!


A vida é feita delas
Desde que se nasce devemos começar a experimentá-las
Vivendo-as ou não, nos trazem conseqüências
Conseqüências que se tornam maiores à medida que vamos amadurecendo
Mas, todas têm extrema importância em nossa formação.

É importante reconhecer cada etapa da vida
É importante vivê-las, cada uma ao seu tempo
É importante também, ter as pessoas que amamos, ao nosso lado, caminhando e torcendo pela gente.

Agradeço a Deus por estar aqui
Agradeço a Deus por você estar aqui comigo
E por saber que novas etapas estão à minha frente e que jamais estarei sozinha.

Mauricio Baniski

Hoje é a primeira formatura da minha sobrinha linda Kemilly. Que Deus te abençoe em todas as etapas da sua vida. Beijos

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

NATAL, uma grande alegria


José e Maria não encontraram lugar em Belém. A cidade estava lotada e as hospedarias indisponíveis. A hora de Jesus nascer havia chegado, e por não ter encontrado espaço entre os homens para nascer, nasceu numa estrebaria, um abrigo de animais.

"Não temais, eis que vos trago boa nova de grande alegria: é que hoje vos nasceu na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor" (Lucas 2.11).

No dia 25 Dezembro, comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. E, sobre Ele, quero destacar três verdades:

Jesus é o Salvador – Jesus foi anunciado pelo anjo como o Salvador. Ele recebeu o nome de Jesus exatamente porque veio para salvar o seu povo de seus pecados. Ele nos salva não pelo seu exemplo nem pelos seus ensinos, mas pela sua morte. Ele nasceu para morrer. Ele nasceu como sacrifício. Ele nasceu como o Cordeiro que tira o pecado do mundo. Ele nasceu como nosso substituto. Ele carregou em seu corpo o nosso pecado. Ele deu sua vida por nós. Ele foi ferido e traspassado pelos nossos pecados, a fim de recebermos o dom da vida eterna.

Jesus é o Cristo – Ele é o Messias prometido. Sua vinda não foi acidental. Sua vinda não foi de improviso. Sua vinda foi planejada na eternidade e prometida na história. Os patriarcas falaram de sua vinda. As profecias apontaram para a sua vida. Todo o Velho Testamento foi uma preparação para a sua vinda. Ele é o Cristo, o Messias, o desejado de todas as nações.

Jesus é o Senhor - Ele é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores. Todos os poderes do universo estão sob seu governo. Ele está à destra de Deus Pai e tem o livro da história em suas onipotentes mãos. Ele recebeu o nome que é sobre todo o nome e diante dele todo joelho se dobra no céu, na terra e debaixo da terra. Aquela criança que nasceu em Belém tem o cetro do universo. Precisamos conhecer o Jesus do Natal.

Ele é o Salvador do mundo. Ele é o Messias de Deus. Ele é o Senhor do universo. Ele tem as rédeas da história em suas mãos.

O maior presente oferecido no NATAL é a oportunidade de, em Cristo, você torna-se um filho de Deus.

Pastor Mauricio Baniski

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Servos...


“Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.” Fil. 1.6

Com estas palavras do apóstolo Paulo, escrevendo à Igreja em Filipo, quero saudá-los nesta sua caminhada com Jesus. Encorajando cada um dos irmãos em que permaneça firmes e fieis ao Senhor porque nEle o nosso trabalho não é vão. Ele nos escolheu e tem guiado nossa vida e ministério. Ele nos sustenta a capacita para o exercício de todo o trabalho. Ele nos levará a salvo até que completemos a carreira que nos está proposta.

Duficuldades tem surgido e algumas parecem tão grandes e fortes que nem imaginamos como poderemos resistir, mas é em nome do Senhor que caminhamos e lutamos, é em Cristo Jesus que somos mais que vencedores em todas as coisas.

Creio que Deus, através do Espírito Santo, está forjando cada um dos seus escolhidos e completará fielmente a boa obra que iniciou em nós e através de nós. Continuemos combatendo o bom combate, até que completemos a nossa carreira, sem jamais deixar de guardar a fé em Jesus Cristo.

Desejo a você uma caminhada firme e corajosa. Confiante de que Ele está no controle de tudo, está cuidando da sua vida e da sua casa e aperfeiçoando suas mãos para toda a peleja.

Se Deus te escolheu é porque confiou a você o maior projeto que existe na face da terra, o de transformar vidas e conduzí-las em Cristo à eternidade.

Acredite em Deus. Acredite em você e na sua familia. Acredite no seu ministério.

Em cristo;

Reverendo Mauricio José Baniski Junior

Mensagem da formatura do Curso de Medicina da PUC-PR /2010


Mensagem lida na formatura do Curso de Medicina da PUC-PR /2010.


"Boa noite a todos!

Hoje estou aqui para prestar uma homenagem ao primeiro, maior e melhor médico da história da humanidade!

Deus é esse médico, o médico dos médicos, e o mais excelente conhecedor do corpo humano. Todas as células e tecidos, órgãos e sistemas, foram arquitetados por Ele, e Ele entende e conhece a sua criação melhor do que todos.

Que médico mais excelente poderia existir?

Deus é o primeiro cirurgião da história. A primeira operação? Uma toracoplastia, quando Deus retirou uma das costelas de Adão e dela formou a mulher.

Ele também é o primeiro Anestesista, porque antes de retirar aquela costela fez um profundo sono cair sobre o homem.

Deus é o melhor Obstetra especialista em fertilização que já existiu! Pois concedeu filhos a Sara, uma mulher que além de estéril, já estava na menopausa havia muito tempo!
Jesus, o filho de Deus, que com Ele é um só, é o primeiro pediatra da história, pois disse: “Deixem vir a mim as crianças, porque delas é o reino de Deus!”

Ele também é o maior reumatologista, pois curou um homem que tinha uma mão ressequida, ou, tecnicamente uma osteoartrite das articulações interfalangeanas.

Jesus é o primeiro oftalmologista, relatou em Jerusalém, o primeiro caso de cura em dois cegos de nascença.

Ele também é o primeiro emergencista a realizar, literalmente, uma ressuscitação cardio-pulmonar bem sucedida, quando usou como desfibrilador as suas palavras ao dizer: “Lázaro, vem para fora!”, e pelo poder delas, ressuscitou seu amigo que já havia falecido havia 4 dias.

Ele é o melhor otorrinolaringologista, pois devolveu a audição a um surdo. Seu tratamento? O poder de seu amor.

Jesus também é o maior psiquiatra da história, há mais de 2 mil anos curou um jovem com graves distúrbios do pensamento e do comportamento!

Deus também é o melhor ortopedista que já existiu, pois juntou um monte de ossos secos em novas articulações e deles fez um grande exército de homens. Sem contar quando ele disse a um homem coxo: “Levanta, toma a tua maca e anda!”, e o homem andou! O tratamento ortopédico de quadril mais efetivo já relatado na história!

A primeira evidência científica sobre a hanseníase está na Bíblia! E Jesus é o dermatologista mais sábio da história, pois curou instantaneamente 10 homens que sofriam desta doença.

Ele também é o primeiro hematologista, pois com apenas um toque curou a coagulopatia de uma mulher que sofria de hemorragia havia mais de 12 anos e que tinha gastado todo o seu dinheiro com outros médicos em tratamentos sem sucesso.

Jesus é ainda, o maior doador de sangue do mundo. Seu tipo sanguíneo? O negativo, ou, doador universal, pois nesta transfusão, Ele, ofereceu o seu próprio sangue, o sangue de um homem sem pecado algum, por todas as pessoas que tinham sobre si a condenação de seus erros, e assim, através da sua morte na cruz e de sua ressurreição, deu a todos os que o recebem, o poder de se tornarem filhos de Deus! E para ter este grande presente, que é a salvação, não é necessário FAZER nada, apenas crer e receber!

O bom médico é aquele que dá a sua vida pelos seus pacientes! Ele fez isso por nós!

Ele é um médico que não cobra pelos seus serviços, porque o presente GRATUITO de Deus é a vida eterna!

No seu consultório não há filas, não é necessário marcar consulta e nem esperar para ser atendido, pelo contrário, Ele já está à porta e bate, e aquele que abrir a seu coração para Ele, Ele entrará e fará uma grande festa! Não é necessário ter plano de saúde ou convênio, basta você querer e pedir! O tratamento que ele oferece é mais do que a cura de uma doença física, é uma vida de paz e alegria aqui na terra e mais uma eternidade inteira ao seu lado no céu!

O médico dos médicos está convidando você hoje para se tornar um paciente dele, e receber esta salvação e constatar que o tratamento que Ele oferece é exatamente o que você precisa para viver!

Ele é o único caminho, a verdade e a vida. Ninguém pode ir até Deus a não ser por Ele.

Seu nome é Jesus.

A este médico seja hoje o nosso aplauso e a nossa sincera gratidão!"

domingo, 12 de dezembro de 2010

Quando há o Amor


Na primeira carta de Paulo aos Coríntios, cap. 13, o apostolo fala da supremacia do amor na convivência da Comunidade cristã. Para Paulo o sentido daquilo que fazemos, dentro ou fora da Igreja, por mais excelente, nobre e intenso que possa parecer, só encontra sentido se for submetido ao amor. O amor é a razão para fazermos todas as coisas, o amor é a maneira como fazemos todas as coisas e o amor é o lugar para onde devem nos levar todas as coisas. Se o Pai é amor, quanto mais eu tenho a consciência que sou o seu filho, mais amor eu sou.

Quando há o amor, há o desejo de viver a verdade; Quando há o amor, há o desejo de estar junto; Quando há o amor, há o desejo de melhorar e crescer; Quando há o amor, há o desejo de perdoar e recomeçar; Quando há o amor, há a coragem de enfrentar os problemas e as dificuldades sem perder a fé, sem deixar de acreditar que viveremos dias melhores; Quando há o amor; há a liberdade de ser verdadeiro, sem o medo de que será ridicularizado ou destruído. O amor é a porta aberta para a vida plena acontecer. Só cresce quem abre a porta, cresce quem passa por ela. Só cresce quem tem a coragem de levar as pessoas até à porta.

Estamos a alguns dias do aniversário do nascimento de Jesus. E, Ele veio impelido pelo amor de Deus, o nosso Pai. Entregou-se, e pagou a nossa dívida de pecado, nos substituindo na cruz, pelo tanto com que nos amou. E por amor voltará para buscar todo o seu povo, pra vivermos juntos na eternidade. Como é o amor de Deus, deve ser o nosso amor. Como Deus é amor, nós também devemos sê-lo.

Pastor Mauricio Baniski

Pastor Mauricio na Revista da SAF - Primeiro Trimestre/2011

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Ele age na simplicidade...


Cinco pedras, uma funda e um menino cheirando coco de ovelhas foi o que Deus escolheu para derrubar o gigante Golias; uma vara, que Moisés chamava de cajado foi a resposta de Deus ao seu servo que disse não ter nada para conduzir o povo. Cinco pães dormido e dois peixes pequenos na lancheira de um adolescente foi o que Jesus precisou para alimentar a multidão. Uma família simples, uma cidade simples, um lugar simples para nascer. Para o seu ministério escolheu pessoas simples, viveu uma vida simples e no meio de gente simples. Nunca se impressionou com as riquezas, com a fama e em ser o foco de um espetáculo. Morreu a pior morte, a mais simples e vil, foi condenado à cruz.

A Bíblia diz que Ele "veio para os seus, porém, os seus não o reconheceram", não o reconheceram porque esperavam o grande, o maravilhoso, o esplendoroso, o mágico, o belo, o todo-poderoso. Criam que o céu seria rasgado e com roupas brilhantes e celestiais, com sua ira, o Messias desceria para livrar o seu povo, esmagando a todos os demais que habitavam a terra e estabeleceria o seu povo pra reinar sobre todo o "resto da humanidade". Com Jesus ainda entre os seus, havia mesmo naqueles que creram nEle como Filho de Deus, uma idéia de que o reino seria instaurado e eles teriam lugar de honra e de glória. A vontade de chegar à ser divindade fez com que o homem pecasse, fez com que se afundasse na lama do pecado, fez com que perdesse a sensibilidade de encontrar Deus na simplicidade do ser da criação, fez com que o homem não o percebesse quando Ele esteve entre nós.

Agostinho dizia que "a glória de Deus consiste em que o homem alcance a humanidade plena" foi assim com Jesus. Creio que somente Deus mesmo poderia expressar-se de maneira tão humana como foi Jesus. Jesus mostrou que ser pleno do Espírito Santo, batizado com o Espírito Santo, Cheio do Espírito Santo não consiste em assumir uma caricatura do que o mundo crê ser divino, nem ser um mágico dono de atos mirabolantes e espetaculosos. Ser cheio de Deus é estar pleno de amor. É quando a simplicidade acontece e a "sindrome de Lucifer", do querer ser deus, se apaga para que Cristo apareça. É no silêncio, no abraço, na transformação do caráter, na dependência diária do Pai para vencer cada dia, na mudança de valores onde o ser se torna mais importante que o ter, onde as pessoas são mais importante que as coisas, onde discriminação e e preconceito deixam de existir, onde se reparte, se conversa, se ama, onde o mais importante não é chegar antes ou na frente, mas juntos, de mãos dadas, ajudando e sendo ajudado.

Precisamos aprender que Deus está agindo em lugares e em pessoas muito simples, que quase nem aparecem. Pessoas que trazem em si a presença de Deus pela paz, pelo amor, pela fé e pela esperança que manifestam na vida que vivem. Na eternidade ficaremos surpresos com os que, na visão de Deus, se destacaram de fato na caminhada com Deus aqui na terra.

Deus te abençoe e uma boa semana pra você e sua familia.

Pastor Mauricio Baniski

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

O dono de uma vida...


Era de uma familia simples e lutadora.

Ele não teve a oportunidade de nascer num lar de muitas posses, mas era feliz porque em sua casa existia o amor que substituia com grandeza todas as outras coisas. Tudo estava escrito no Livro Sagrado de Deus (Bíblia). A família aprendeu e assim sempre viveu.

Ele não teve a oprotunidade de aprender a tocar um instrumento, a falar em público com um português rico e elegante, mas contagiava a todos com o seu jeito integro de ser, com a suavidade do seu amor, com a grandeza do seu caráter e com sua amizade sincera.

Ele não tinha o dom da genialidade, mas fazia todas as coisas tornarem-se especiais, atraia a todos e transformava tudo em lugar trazendo sempre a esperança e a paz.

Ele não teve tudo o que quiz, mas aprendeu a gostar de tudo o que tinha.

Ele não era perfeito, nem perfeito era o seu lar, mas estava disposto e pronto a aperfeiçoar-se, sabia que era um instrumento para melhorar o seu lugar.

Ele não se acomodou com as situações adversas que o comprimiam, sempre buscava uma maneira de encontrar solução.

Ele cresceu, buscou melhorar, correu atrás dos estudos e não correu dos estudos, queria dar uma vida melhor a todos que faziam parte de sua existência. Aprendeu isso com o seu pai que sempre lhe dizia: "que você tenha feito o mundo ser melhor quando você partir". Aprendeu com o que seu pai lhe disse, mas principalmente porque o seu pai assim viveu. Formou-se e, sem querer ser melhor do que ninguém, com excelência alcançou o lugar dos seus sonhos.

Sua mãe sempre dizia que é com trabalho que se chega lá. Dependendo de onde se quer chegar, mais se tem que trabalhar. Ele trabalhou o bastante para chegar.

Hoje, continua a viver. Sua casa tem as coisas que todo mundo queria ter. Sua familia é a familia que todo mundo sonha ser. Sua vida é a vida dos sonhos de todos que desejam se dar bem, mas continua simples e lutador, como aprendeu de seus pais.

Ele nos ensinou que com fé, Família, caráter, estudo e trabalho tudo fica bem...

Paz;

Pastor Mauricio Baniski

sábado, 4 de dezembro de 2010

Conquistas


É ASSIM QUE CAMINHAMOS. TEMOS MIL E UM MOTIVOS PARA AGRADECER A DEUS POR ESTE ANO VITORIOSO QUE ELE NOS CONCEDEU. SABIA QUE SERIA UM TEMPO DE LUTAS, PORQUE NÃO EXISTE CONQUISTA QUE NÃO VENHA DE UMA LUTA.

E, MUITAS LUTAS CONTINUAM, MAS A CONQUISTA NOS ESPERA E NOS ENCONTRARÁ NO TEMPO DE DEUS. MAIS FORTE E GRANDIOSA QUE POSSAMOS IMAGINAR.

NÃO VAMOS DESISTIR DE CONTINUAR EXPANDINDO A NOSSA VIDA NO SENHOR. CONQUISTA NÃO É UM ANO, É UMA VIDA INTEIRA. NESTE ANO DE 2010, DEUS APENAS NOS CHAMOU A ATENÇÃO PARA QUE VENHAMOS ENTENDER QUE SOMOS CONQUISTADORES E QUE AINDA HÁ MUITA TERRA PARA SER CONQUISTADA.

ACREDITE, LEVANTE-SE, TRABALHE, LUTE, FIQUE FIRME NA PALAVRA DE DEUS, SEJA FORTE E CORAJOSO, PORQUE O SENHOR TE FARÁ HERDAR A TERRA DA PROMESSA. NOSSO LUGAR NÃO É O DESERTO. O DESERTO APENAS NOS SERVE DE CAMINHO. NOSSO LUGAR É O MILAGRE QUE O SENHOR PREPAROU. PORTANTO, A PALAVRA DE ORDEM QUE DEUS DEUS À IGREJA: “DIGA AO MEU POVO QUE MARCHE”

Pastor Mauricio Baniski

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Que portas você tem batido?


Problemas? Lutas? dificuldades? Situações contrárias em sua vida? O que fazer? No caminho da nossa vida, alguns lugares são difíceis de passar. Parece que não vamos conseguir. Parece que vamos perecer e ficar ali. Mas, o deserto e o vale da sombra da morte (Salmo 23) não são o nosso lugar. A Bíblia diz: "ainda que eu ande"; "Ainda que eu passe"; é uma passagem, o meu lugar não é ali. Ainda que seja necessário passar pelo deserto, pelo vale da sobra da morte, o meu lugar é a terra prometida e é pra lá que o Senhor vai me guiar.

Creio que nesse caminho. O Senhor Jesus, como Pastor Supremo da minha alma, não apenas me guia pelo caminho, mas também me sustenta, me protege e me alimenta. Ele supre todas as minhas necessidades.

Quais portas você tem batido para encontrar a solução? Misticismo? Relacionamentos disfuncionais? Consumismo? Drogas? Chegou o momento de “encontrar-se” com Jesus e permitir Sua ação em você. Ele está neste ambiente, mas Ele quer fazer algo ainda maior, Ele quer sua permissão para entrar em seu coração.

"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo." Apocalipse 3.20

Ninguém fica do mesmo jeito após um sincero encontro de fé com Jesus.

Quando Ele passa por nós as marcas são permanentes e eternas.

Com Jesus estaremos sempre seguros e viveremos a eternidade!

Boa semana para você e sua familia!

Pastor Mauricio Baniski

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Jesus


O Filho de Deus deseja ser seu amigo.

Ele não vai ficar preso e frio dentro de uma Igreja, nem limitado a uma mente ou pensamento de alguém, nem reduzido a uma complexidade teológica. Ele é maior que uma denominação religiosa. Ele é maior que qualquer sabedoria.

Se revela na simplicidade de um abraço. Na descontração de uma conversa entre amigos. No abraço por querer abraçar, sem querer tomá-lo para si, mas com o interesse de se dar.

Vem para aquele que deseja mais a sua presença que os seus presentes. Vem para aquele que anseia mais por ouvir sua voz do que pelo tem a dizer.

Não se mede sua presença pela força ou pelo sobrenatural, pelo seu poder extraordinário de fazer... Ele prefere o silêncio e se deixa ver na simplicidade do amor que nada mais deseja além de poder amar.

Escolheu uma cidade que pouco brilhava para colocar a sua luz, uma familia simples para nascer, uma manjedoura para deitar bem à vista de alguns animais. Sua vida foi uma escolha pelo não materialismo, pelo não querer ser Deus, por seu esvaziamento, por não deixar sentimentos pobres, podres e malditos passarem a ser a sua razão. Enquanto viveu a nossa vida para nos salvar e nos ensinar, jamais deixou de ser humano e obediente e, o foi até o fim. As pessoas que escolheu, a vida que viveu, os valores que defendeu, a morte que morreu, foi tudo para dizer sim à algumas coisas que a humanidade continua dizendo não. À Deus, à sua Palavra, à vida, à familia, ao amor, aos amigos, à humanidade, à criação.

As vezes, a Igreja e as pessoas (onde nos incluímos por vezes) constroem outro Jesus. Um bezerro de ouro, que não fala, não sente, não ama, não abraça, não chora, não sorri, não torce, não é humano. Apenas um deus que sacia o desejo vaidoso que carregamos nos esgotos da nossa alma. Fazemos de Jesus o "deus do materialismo" e o "deus do prazer", o "o deus das atrações sobrenaturais" e do "sonsumismo". Corremos aqui e ali só pra ver onde está agindo, o que está fazendo... Na verdade, esse Jesus nunca existiu, senão na mente insana que a humanidade insiste em alimentar. Os valores da humanidade doente não atraem a atenção de Deus. Jesus quer o seu amor e não as suas coisas.

Nós, só encontramos Jesus no lugar onde ele viveu e vive até hoje, No HUMANO. Onde houver manifestação de humanidade, Jesus está reinando naquele lugar. Onde houver qualquer manifestação de humanidade, Jesus está agindo ali. Onde houver respeito, amor, doação, perdão, gentileza, carinho, paz, harmonia, palavra de bênção, um gesto ou uma atitude de bem... é ali que Jesus mora.

Um abraço e boa semana

Pastor Mauricio Baniski

Para um bom relacionamento...


"No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas." Rm 12.18

“Ninguém empreende uma jornada sozinho. Dependemos constantemente uns dos outros para conduzir-nos em direção a nosso destino.

"Não atingimos o sucesso (em qualquer área) sem a ajuda de outras pessoas”

Em função de tudo isso é importantíssimo nos relacionarmos bem com todas as pessoas.

Alguns conselhos para obtermos êxito em nossos relacionamentos:

1)Entenda os diferentes tipos de temperamentos

Para um bom relacionamento com qualquer pessoa, é importante entender que as pessoas são diferentes umas das outras. Existem basicamente 4 tipos de temperamentos distintos:

Sanguíneo. Ex.: Apóstolo Pedro

Defeitos: Pusilânime, volúvel, indisciplinado, impulsivo, inseguro, egocêntrico, barulhento, exagerado, medroso.

Qualidades: Comunicativo, Destacado, entusiasta, afável, simpático, bom companheiro, compreensivo, crédulo.

Colérico. Ex.: Apóstolo Paulo

Defeitos: Iracundo, sarcástico, impaciente, prepotente, intolerante, vaidoso, auto-suficiente, insensível, astucioso.

Qualidades: Enérgico, resoluto, independente, otimista, prático, eficiente, decidido, líder, audacioso.

Melancólico. Ex.: Moisés

Defeitos: Egoísta, amuado, pessimista, teórico, confuso, anti-social, crítico, vingativo, inflexível

Qualidades: Habilidoso, minucioso, sensível, cicionista, esteta, idealista, leal, dedicado.

Fleumático. Ex.: Abraão

Defeitos: Calculista, temeroso, indeciso, contemplativo, desconfiado, pretencioso, introvertido, desmotivado.

Qualidades: Calmo, tranqüilo, cumpridor, eficiente, conservador, prático, líder, diplomata, bem-humorado.

Informações obtidas no Livro “Temperamentos Transformados” de Tim LaHaye


2)Torne-se um bom ouvinte

O valor de escutar: Escutar demonstra respeito, cultiva relacionamentos, aumenta o conhecimento, gera idéias, estimula a lealdade, e é uma maneira eficiente de ajudar-se e de ajudar outros

"Lembrem disto, meus queridos irmãos: cada um esteja pronto para ouvir, mas demore para falar e ficar com raiva." Tiago 1.19

Sugestões para auxiliá-lo a se tornar um bom ouvinte:

- Olhe para quem está falando

- Não interrompa

- Concentre-se na compreensão

- Faça um resumo nos intervalos principais

- Faça perguntas de esclarecimento

- Sempre faça do ouvir sua prioridade

Do livro: “Segredos do Relacionamento”, John Maxwell

3)Use as palavras com sabedoria


Ao usarmos as palavras com sabedoria evitaremos muitas dores.

Textos Bíblicos: Provérbios 16.24; 17.27; 25.11; Eclesiastes 10.12; 12.11; Colossenses 4.6; 2 Timóteo 1.13; Tito 2.7,8; Tiago 3.2.

4)Tenha tolerância extra para com as pessoas difíceis

“Pessoas difíceis existem em todos os lugares. Essas pessoas podem ter carências emocionais, insegurança profunda, maneirismos irritantes e escassas habilidades sociais.”.

Deus pôs essas pessoas em nosso meio tanto para benefício delas quanto nosso.

Elas são uma oportunidade para crescermos e um teste para comunhão.

A verdade é que todos temos excentricidades e traços de temperamento irritantes

Textos Bíblicos: Romanos 14.1; 15.1; I Tessalonicenses 5.14

Lidar com os relacionamentos é extremamente importante uma vez que toda nossa vida é envolvida por eles."

Abraço e boa semana para você

Pastor Mauricio Baniski

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Porque devo expandir?


“Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,” Efésios 4:15

Devo expandir porque sei que Deus me criou e me projetou para ser alguém além do que sou hoje e, ir além do lugar onde estou.

“Crescer em Cristo Jesus” - Eu tenho um potencial divino e fui chamado para adorá-lo, testemunhando o seu poder através do seu agir em mim.

O poder de uma dinamite é admirado pela capacidade que tem de romper os limites e abrir novos caminhos. O poder do Espírito Santo agindo em minha vida, se torna um testemunho poderoso do amor que Ele tem por mim. Na medida em que se torna visível a mudança que Ele faz(Atos 1.8), o nome de Jesus é glorificado e muitas outras pessoas passam a querer conhecê-lo. O maior testemunho que posso dar é o agir dEle em minha própria vida..

Quem olhava para Davi via um menino cuidando de ovelhas, fedendo coco de animais e sem condições de derrotar o Gigante. No entanto, Deus viu nele um rei, um guerreiro...

•Mesmo que eu ou as pessoas ao meu redor olhemos para a minha vida e limitemos as minhas habilidades e o lugar onde posso chegar, Deus sempre me coloca diante de novos e grandes desafios.

Quem olhava para Moisés com 80 anos de Idade via um homem rude e sem condições de conduzir o povo (um milhão de pessoas), ele mesmo chegou a pedir a Deus que levantasse outro... Mas Deus via nele a capacidade de fazer com excelência a retirada do seu povo da escravidão do Egito.

•Mesmo que eu ou as pessoas ao meu redor venhamos entender que está tarde demais ou que as minhas deficiências são um empecilho para expandir em minha vida, Deus insiste e me chamar e me enviar para estender as minhas tendas.

Quem olhava para os apóstolos jamais teria acreditado e escolhido aqueles homens para darem seguimento ao reino. Eram grosseiros, incultos, destituídos das qualidades de liderança que qualquer empreendimento exige. Eram fracos, medrosos, mentirosos, traidores, de coração duro, interesseiros e infiéis... Mas Jesus viu neles a capacidade de marcarem os seus nomes na história do maior de todos os empreendimentos sobre a face da terra. A visão de Jesus a cerca daqueles homens estava correta.

•Mesmo que eu ou as pessoas ao meu redor venhamos a desvalorizar-me vendo apenas características negativas para um conquistador, Deus olha pra mim, me chama, por que encontra potenciais que podem levar-me além.

Quem olhava para o apóstolo Paulo sentia medo dele porque havia sido um perseguidor da Igreja. Depois de sua conversão, mesmo sendo tão usado por Deus e sendo o pregador mais influente e apaixonado pelo evangelho em todos os tempos, ele foi questionado quanto ao seu passado. Mas, Deus o amava a ponto de usá-lo poderosamente.

•Mesmo que eu, ou as pessoas ao meu redor, queiramos limitar-me por causa do meu passado. Deus me levanta como homem/mulher em novidade de vida.

•A Bíblia nos diz : “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; {criatura; ou criação} as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. II Cor. 5.17

Quando as pessoas olham para mim, o que dizem? Que sou fraco? Medroso? Velho? Destituído de saber? E, o pior não é falarem isso de mim, mas eu ter acreditado nestas mentiras.

o Quando eu olho para mim o que eu digo? Posso ter mil razões e acreditar que não tenho mais condições de mudar minha vida.

Quando as pessoas olham para mim o que dizem? Podem ter razão em me desqualificarem, se olharem para o meu passado

E, quando Deus olha para mim, o que Ele diz? Isso é o que realmente importa. O que Deus pensa e fala de mim. Para Deus o que importa é o que estou estou disposto a fazer da minha vida a partir de agora. Ele quer me levantar, ajudar, curar e restaurar.

• Os pensamentos de Deus me conduzem a paz e às conquistas dos meus objetivos de expansão na vida: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais.” Jeremias 29.11

•Deus me escolheu: “Irmãos, reparai, pois, na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento; pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus.” I Cor. 1.26-29

•Mesmo sendo fraco: “Não vos teve o SENHOR afeição, nem vos escolheu porque fôsseis mais numerosos do que qualquer povo, pois éreis o menor de todos os povos,mas porque o SENHOR vos amava e, para guardar o juramento que fizera a vossos pais, o SENHOR vos tirou com mão poderosa e vos resgatou da casa da servidão, do poder de Faraó, rei do Egito.” Deuteronômio 7.7,8

•O que importa de verdade não é o que pensam de mim ou ainda o que eu penso sobre mim (até mesmo porque muito do que pensam de mim está relacionado com aquilo que me fizeram acreditar). Importante é descobrir e firmar a minha vida naquilo que Deus pensa a meu respeito.

• Quando a Bíblia fala que eu devo meditar na Sua palavra, dia e noite (Salmo 1; Josué 1; Deuteronômio 30.15-20), isso não é uma mera penitência, mas, sim, uma estratégia divina pra manter-me firme e alcançar as promessas que ele preparou para mim. Deus já tem um caminho abençoado para mim e, o caminho de Deus é a obediência à sua Palavra:

“O caminho de Deus é perfeito; a palavra do SENHOR é provada; ele é escudo para todos os que nele se refugiam. 2 Samuel 22:31

O caminho de Deus é perfeito; a palavra do SENHOR é provada; ele é escudo para todos os que nele se refugiam. Salmos 18:30

o A Palavra de Deus me liberta – João 8.32
o A Palavra de Deus trás vida, prosperidade e longevidade – Dt. 30.15-20
o A Palavra de Deus me restaura – João 15.7
o A Palavra de Deus me limpa – João 15.3
o A Palavra de Deus apresenta as promessas – Salmo 119; Jr. 1.12
o A Palavra de Deus me ilumina – Salmo 119.105
o A Palavra de Deus me mantém firme – Salmo 119.28; 18.30
o A Palavra de Deus é minha arma, com a qual eu venço o inimigo – Ef. 6.17
o A Palavra de Deus gera fé e a fé é o escudo que me livra dos ataques do inimigo – Efésios 6.16; 2 Samuel 22.31

Como o conquistador Josué (Js. 1), para conquistar e expandir preciso estar forte e corajoso nos propósitos eternos de Deus sobre a minha a vida e através dela.

Boa semana pra você e sua família

Pastor Mauricio Baniski

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

André...


* [...] Com 15 anos eu pulei o muro da escola, sentei no meio fio e lá eu fumei meu primeiro baseado. Depois de 13 anos conheci a DEUS e levantei desse meio fio [...]


"Você escolhe o que quer para seu futuro, pense bem antes de fazer uma escolha, porque ela pode influenciar muito na sua vida."


Ótima Semana

Akila Wolmer (membro da Igreja)
Blog: http://wolmerwords.blogspot.com/

Parte do testemunho do André, um irmão da Igreja, falando do poder de Deus que o libertou do vício das drogas.

Prazer e dor X Dor e prazer


PRAZER E DOR – Os gêmeos que nos conduzem a todas as coisas.

Prazer e dor são dois elementos cruciais nas tomadas de decisões das pessoas. Em geral, o ser humano quer sentir o máximo de prazer que a vida pode oferecer, estando o mais longe possível da dor.

Isso explica porque às vezes, sabemos o que fazer, mas procrastinamos, abandonamos ou negamos uma tomada de decisão que vai melhorar a nossa qualidade de vida. Há ali uma dor pra atravessar.

Às coisas que o ser humano faz, geralmente, ou se deve à nossa necessidade de evitar a dor, ou ao nosso desejo de obter o prazer.

Prazer e dor” É quando se busca sentir o prazer imediato mesmo sabendo que terá um sofrimento longo. A pessoa não toma uma decisão que sabe ser necessária porque não quer sofrer e acredita, naquele momento, que não tomar nenhuma decisão é o que lhe dá maior prazer ou menos dor.

“Dor e prazer” É quando se dispõe agora mesmo a tomar uma decisão, a fazer alguma coisa, mesmo que doa no momento, mas com o objetivo de que no futuro, alcance maior prazer (satisfação).

Qualquer coisa valiosa que se deseje sempre exigirá da pessoa, uma dor a curto prazo, afim de que alcance o prazer ao longo prazo.

Não procrastine suas decisões, não esconda-se da verdade, não pare, não desista, nem volte atrás, não se esconda atrás de suas dificuldades, nem acredite que a dor da busca seja maior do que o prazer de alcançar e desfrutar daquilo que você acredita.

Deus está ao nosso lado e nos sustentará em nosso processo de expansão.

Viver as vezes dói. Que Deus nos ajude a decidir e enfrentar a dor da vida no tempo e na quantidade certos. Viver também nos causa prazer, que não queiramos vivê-lo antes, nem guardá-lo para depois. Há um tempo certo para todas as coisas. (Ecl. 3)

Deus te abençoe.

Pastor Mauricio Baniski

Fatores para a EXPANSÃO


Há dois fatores decisivos e simultâneos para EXPANSÃO. Para alcançar a vida excelente que Deus tem pra você:

• Primeiro Fator: A dinâmica do Espírito Santo

“mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.” Atos 1.8

Por meio do poder do Espírito Santo. Somos testemunhas vivas da abundância de vida que resulta da nossa conversão em Jesus. A partir de mim, Deus quer fazer uma obra grandiosa.

O Espírito Santo nos convence dos nossos erros, corrige a nossa vida, transforma todas as coisas em bênçãos: “Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida” Gênesis 50:20.

Ele restaura nossos dons, talentos e os sonhos de Deus em nós e, através do seu poder, destrói todas as barreiras que tentam impedir que vivamos uma vida plena.

"Tudo coopera para o bem daquele que ama a Deus."

•Segundo Fator: A decisão pessoal.

“Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,” Deuteronômio 30:19

“Replicou-lhes Pilatos: Que farei, então, de Jesus, chamado Cristo? Seja crucificado! Responderam todos.” Mateus 27:22

“Por esta razão, pois, te admoesto que reavives o dom de Deus que há em ti pela imposição das minhas mãos.

Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.” II Tim.2.7

Porque muitos que desejam expandir não conseguem?

Porque a maioria das pessoas deseja alcançar o topo, mas nem todas estão dispostas a escalar a montanha, pagar o preço e viver no tempo necessário para estar lá.

O quanto você está disposto a pagar pelo teu crescimento. Aí está determinado o quão alto você vai chegar.

Para crescer é preciso aprender a doar-se.

Chegar onde desejamos é como construir a casa dos sonhos:
•Temos aqui um projeto lindo, mas é necessário fazê-lo acontecer,
•Não fica pronto do dia pra noite, tem um tempo para ser construída,
•O material não pode ser qualquer um. Material bom não é tão barato. Mas se vou viver ali tenho que colocar o melhor.
•Casa não é só fachada. O que faz uma casa ser boa é o projeto bem elaborado, a excelência na construção, o material de primeira, os cuidados com o acabamento.

Expansão é primeiro uma conseqüência e não uma causa:
•Isso significa que o meu crescimento tem haver com a decisão que tomo diariamente a respeito da minha vida.
•Minha vida começa a expandir quando tomo uma decisão e respeito mim mesmo.
•“Eu aprendi que todos querem viver no topo da montanha. Mas, toda felicidade e crescimento ocorre quando você está escalando-a” William Shakespeare

Clame e Deus manifestará o Espírito Santo agindo em favor do seu crescimento, mas também, decida, empenhe-se e continue firme no teu propósito de expandir.

Um abraço e boa semana

Pastor Mauricio Baniski

domingo, 28 de novembro de 2010

Hoje, decido expandir...


“Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus” Fil. 3.12

“As alturas não me intimidam” - Santos Dumont tinha medo de altura, mas isso não o impediu de voar

DECIDIR significa determinar e comprometer-se em atingir um resultado e cortar qualquer outra possibilidade.

“Nos momentos de decisão que o seu destino é traçado”. Anthony Robbins

Uma decisão só é verdadeira se eu agir. Se não, não decidi realmente.

Em qualquer decisão o fato mais difícil é o de empenhar-se.

Todo momento temos que tomar uma decisão:
1)Diante do quadro o que focalizar
2)Qual o significado das coisas
3)O que farei diante delas

EXPANDIR é seguir a decisão de: Alargar, dilatar, crescer, estender, ampliar...

Porque eu preciso entender que: “não sou criatura das circunstâncias, as circunstâncias é que são minhas criaturas”.

Para mim, EXPANDIR é voltar-me para o propósito regenerador de Deus que deseja me levar a uma vida nova, plena, abundante e eterna.

Nestes dias que estou aqui, neste encontro, o meu objetivo é compreender que a porta do agir de Deus não está fechada e que Deus continua a manifestar-se em minha vida e através dela, de maneira próspera e gloriosa.

Creio que todas as coisas em minha vida são uma oportunidade para o meu crescimento.

“Esse é dia que o Senhor nos deu; alegremo-nos e regozijemo-nos nele” Salmos 118:24.

Cada novo dia que nasce é mais uma oportunidade para crescer.

Cada experiência, seja positiva ou negativa lhe dá uma nova chance para um positivo crescimento.

Cada situação, cada encontro, cada vitória e cada derrota lhe proporcionam uma nova maneira de crescer ainda mais forte.

Sobre o meu progresso, creio que há muito para crescer...

O Apóstolo Paulo, escrevendo aos Filipenses (3.12), revela que ainda não havia expandido o quanto poderia expandir. Olha para dentro si e entende que pode ir mais além:

“Ainda não aprendi tudo o que posso aprender.”
“Ainda não conquistei tudo o que posso conquistar.”
“Ainda não conheci todos os lugares que posso ir.”
“Ainda não alcancei tudo o que eu posso ser”
“Ainda não vivi tudo aqui que Deus tem para eu viver.”
“Por isso prossigo até alcançar TUDO que o Senhor reservou pra mim.
“Pois, foi para isso que Ele me alcançou.” Para fazer um concerto

A grande questão aqui é: PORQUE DEUS ME ALCANÇOU? Porque estou aqui? Porque Ele me escolheu?

Creio que:
1)Ele deseja fazer um concerto em minha vida e em minha história;
2)Ele deseja derramar sobre a minha vida todas as bênçãos que reservou desde a eternidade;
3)Ele deseja transformar-me num conquistador bem sucedido.
4)Ele deseja levar-me a uma intimidade mais profunda e me revelar os seus mistérios;
5)Devo seguir em expansão por que ainda não alcancei tudo o que posso ser em Deus;
6)Devo seguir em expansão por que Ele quer me usar como instrumento resgatador e restaurador neste mundo.

(Primeira Ministração do Pastor Mauricio Baniski, no QUINTO ACAMPAMENTO da Igreja Presbiteriana Comunidade Vida Nova - Dia 26/11/2010)

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Valorize


"O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o Senhor tão bem conhece.

Poderá redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os Pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes Águas de um ribeiro. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra Tranqüila das tardes, na varanda".

Meses depois, topa o poeta com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem pense mais nisso, disse o homem.

Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha!

Às vezes não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros.

Valorize o que tens, as pessoas, os momentos.... a vida!"

Deus te abençoe nesta linda semana!

Pastor Mauricio Baniski

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Onde nascem minhas decisões?

Conforme você vai vivendo as situações da sua vida, seu inconsciente vai formando um sistema (espécie de filtro), por onde passa e é identificada toda a sua realidade. Essa realidade não somente passa e é identificada por esse filtro inconsciente como também adquire ali uma interpretação e é condicionada a uma maneira de você ver e responder à vida.

Existem alguns elementos que compõe esse filtro. Por exemplo: suas convicções básicas e regras inconscientes; seus valores de vida; suas referências; as perguntas habituais que você faz a si próprio; os estados emocionais que já experimentou e experimenta a cada momento.

Muitos desses elementos são distorcidos e comprometidos pelos traumas e entendimentos que demos à nossa realidade. Porém, a partir do nosso relacionamento com Jesus Cristo podemos ver esses elementos sendo transformados. E, assim podemos encontrar resultados diferentes na maneira de ver e experimentar a vida.

Jesus é o médico que veio trazer o remédio para a sua cura. Jesus é também o remédio que que sara e recupera toda a tua vida. Quando você conhece a Jesus Cristo e começa a relacionar-se com Ele, ouvindo e crendo, vivendo e anunciando a sua Palavra. Ele, através do seu Espírito nos trata de todas as nossas enfermidades (Isaias 53.5). Jesus transforma nossas convicções e regras inconscientes que adoecem nossa alma. Muda os valores distorcidos que trazemos em toda a nossa caminhada, nos dá novos referenciais de vida e para a vida. Nos ajuda e incentiva a fazermos as perguntas certas a nós mesmos. E cura os nossos estados emocionais transformando as feridas que machucam e deformam a nossa alma em testemunho de poder e saúde integral.

Deus abençoe o seu dia

Pastor Mauricio Baniski
Vitória - Espírito Santo

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Desperte o vencedor que existe em você


"O homem não é criatura das circunsâncias; as circunstâncias é que são criaturas do homem." Benjamin Disraeli

São as decisões e não as condições da nossa vida que determinam o lugar aonde vamos chegar. Tudo pode ser mudado com uma atitude diferente e firmada em ânimo e coragem. Acredite que tudo pode ser diferente, essa é a tua primeira e grande decisão. A segunda é começar a agir, correr de encontro ao ponto que você quer chegar. Isso não é pra amanhã, é agora. O poder de mudar a sua vida está nas tuas mãos. Imagine daqui 10 anos como você estará? morto? fora de forma? endividado? comproblemas sérios de relacionamentos? afastado de Deus? triste por sua vida? Onde você estará daqui a 10 anos é você que vai determinar.

Seja o que você decidiu ser. Empenhe-se em alcançar uma vida abundante, não seja simplesmente interessado, isso todo mundo é. Vá além, empenhe-se no seu projeto de vida. Lembre-se que ações diferentes produzirão resultados diferentes.

Boa semana pra você

Pastor Mauricio Baniski

sábado, 20 de novembro de 2010

Declararando as maravilhas de Deus


Estava lendo a Palavra de Deus, no livro de atos, capítulo 2. E parei no versículo 11, com uma frase que me chamou muita atenção. Diz lá que ao descer o espírito Santo sobre a Igreja, todas as pessoas que passavam por ali, aonde estava reunida a Igreja do Senhor ouviam os crentes "declarar as maravilhas de Deus em nossa própria língua".

Parei pra refletir um pouco sobre esta frase. Os crentes ali não estava falando do evangelho de uma maneira que só eles entendiam, não estavam falando em uma língua angelical, santa, que os de fora não entendiam. Pelo contrário, quando foram cheios do Espírito Santo, recebram o poder de contextualizar a Palavra de Deus ao seu tempo e a cultura das pessoas que Deus aproximou para que ouvissem a Palavra.

Nossa maneira de pregar o evangelho não deve estar destituída do contexto em que vivemos e das pessoas que Deus deseja alcançar. Os cristãos precisam estar sensíveis ao lugar e a realidade em que vivem. O profeta é aquele que anuncia o reino no seu tempo e de uma maneira que sua geração compreenda o evangelho da graça em Cristo.

A responsabilidade primeira da boa comunicação, seja ela qual for, é do emissor.

Com meu carinho e bênção.

Rev. Mauricio Baniski

Recebemos do Senhor...


"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe." Apocalipse 2.17

Deus tem, para cada um de nós, um novo nome. O verdadeiro nome que nos identifica com Ele. O nome, nos tempos bíblicos, trazia em si um significado muito profundo. Não era dado apenas como homenagem a alguém que se admirava ou porque estava na moda ou era bonito. O nome trazia em si um peso de identidade, expressava o caráter, a natureza e o significado daquela existência. É, neste sentido, que Deus revela o nosso novo nome. Em Cristo, somos uma nova criatura, recebemos uma identidade divina. E, nEle, ainda vivendo neste mundo, já podemos experientar a nossa nova identidade, através da santificação que faz em cada um de nós por meio do seu Espírito e Palavra, em nosso caráter, natureza e significado.

Com meu carinho e bênção

Rev. Mauricio Baniski

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Pra quando a oportunidade chegar...


É comum ver pessoas correndo, desesperadas, sem nenhuma organização e precisando de tempo para se preparar. A oportunidade chegou e a pessoa queria ser contemplada, queria uma oportunidade para alcançar alguma coisa em sua vida e quando a oportunidade veio não estava pronta. Tem uma frase que diz assim: "você pode estar surpreso uma vez; depois disso, você estará despreparado." Depois que a oportunidade aparecer será tarde demais para procurar o preparo. "Se você estiver preparado hoje, é provável que não tenha que ficar fazendo reparos amanhã."

Acredito que sorte é quando unimos o preparo que tivemos à oportunidade que apareceu. E ela sempre aparece. O grande motivo do fracasso de grande parte das pessoas não se dá pela falta de oportunidades, mas pelo relaxo quanto ao preparo. John Kennedy disse de maneira brilhante: "O tempo de reparar o telhado é quando o sol está brilhando."

Vejo as pessoas reclamando que não alcançaram o sucesso na vida porque não tiveram muitas oportunidades, na verdade o que aconteceu é que nunca estiveram prontas para recebê-lo. Creio que elas vêem naturalmente é só começar a se preparar.

Um abraço e mãos a obra. Comece agora a preparar-se, a oportunidade da sua vida pode estar mais perto do que imagina.

Com meu carinho e bênção.

Rev. Mauricio Baniski

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Caminhar junto


"Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificicai-vos reciprocamente, como também estais fazendo." I Tessalonicenses 5.11

Aqui está um apelo do Apóstolo Paulo à igreja sobre o cuidado que devemos ter uns com os outros. Quando Paulo fala que devemos consolar uns aos outros é porque sabe que alguns momentos não seriam fáceis, e a igreja deveria estar unida no Caminho. Quando alguém está passando por alguma luta, perda ou sofrimento, devemos nos unir a ela, compartilhar nossa fé, auxiliá-la em suas necessidades conforme está ao nosso alcance. Pois, no dia em que precisamos receberemos o mesmo carinho.

A igreja é a comunidade do amor. É o refugio de todos os que buscam o descanso para a sua alma. Somos cooperadores de Deus no processo de restauração da vida uns dos outros. Enquanto o inimigo surge para acusar, roubar, matar e destruir, nós, o Corpo de Cristo, nos levantamos para trazer a vida abundante que há em Jesus.

Paulo fala também de edificação recíproca, o que é isto? É a capacidade que temos de crescermos juntos como Corpo de Cristo, na vontade de Deus. Ser Igreja é dar as mãos pra se fortalecer, é compartilhar para que nada falta, é trocar experiências para fortalecer a fé, é incentivar uns ao outro para que continue no Caminho, é buscar viver uma vida de santidade não apenas na vertical (religiosidade)que só olha pra cima, que só quer olhar para Deus, mas também na horizontal, que contemple o teu próximo. Vivendo de uma maneira que o caráter de Deus em você sirva como testemunho e manifestação de amor, perdão, compaixão, solidariedade e vida abundante a todos os que Deus coloca no seu caminho.

Com carinho e amor

Rev. Mauricio Baniski

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Você já descobriu o seu talento?


Todos nós temos facilidade para fazer alguma coisa. Creio que fomos criados por Deus com propósitos e que, a facilidade que temos em fazer isso ou aquilo tem muito haver com o propósito da nossa vida. Não creio que Deus o destinou para algo completamente diferente aos dons e talentos que Ele lhe deu. Muitas vezes, por falta de um auto-conhecimento, ou por influências externas (pessoas ou circunstâncias), decidimos que não queremos fazer o que nascemos para fazer. Passamos a vida toda "batendo cabeça" e nos esforçando muito para alcançar resultados comuns, sendo que poderíamos ser extraordinários em alguma outra coisa.

Descubra seus dons e talentos e encontre bem perto deles o propósito da sua vida.

Estimule os seus dons e talentos, acreditando que irá vencer.

Através da paixão pela sua vida, acredite que pode tornar o seu mundo e o mundo das pessoas próximas ou não, um lugar melhor para se viver. Use seus dons e talentos com paixão pela vida, pelas pessoas e por um mundo melhor a partir de suas mãos.

Não deixe para começar amanhã. Comece agora a mudar sua vida. Tome decisões significativas ao lugar aonde você sonha estar. Mesmo que pareçam não fazer muita diferença toda atitude a favor de seus sonhos o levam pra mais perto do lugar aonde você deseja estar.

Pastor Mauricio Baniski

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Uma de Tuas obras de arte


Pai, na maior parte do tempo
não me considero
de grande valor.
Sabes que
na maioria das vezes
não me considero
uma de tuas obras de arte.
Mas, na noite passada,
me disseste:
"Tu és mesmo
obra de minhas mãos".

Os artistas nem sempre
subscrevem suas obras,
eu sei;
esboços,
e rascunhos
e aquelas obras
que não os agradam,
se não destruídos,
ficam simplesmente
sem assinatura.

Mas tu pensaste o suficiente
sobre tua obra de arte
- EU -
para me honrares
com a tua assinatura

Pai, eu posso nunca pensar
em mim mesma
como uma obra-prima.
Mas obrigada
por me assinares
indelevelmente
e para sempre
com o dom
do teu espírito

Senhorita Sue Garmon (Nova Orleans)

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Nossa posição...


"Trabalhe como se tudo dependesse de Deus e ore como se tudo dependesse de você." Inácio de Loyola

Jesus nos explica que a vida dos filhos de Deus é como a saga do fazendeiro que planta uma semente e vai embora; mais tarde ela brota. O milagre de dar vida ao nosso labor é divino. Note que o fazendeiro vai e prepara a terra, escolhe as sementes e as lança sob a terra. Depois, retorna pra casa, crê e espera o milagre. Sendo assim, cabe a nós o preparo da terra, a escolha e o lançar das sementes, mas o milagre que dá a vida ao nosso trabalho é divino. Deus é quem faz o milagre. Depois temos a graça de regar, cuidar e ver crescer o broto, fazer as podas necessárias e colher os frutos.

Trabalhe como se tudo dependesse de Deus. Não desista porque acha que sua experiência ou potencialidades estão abaixo do necessário pra mudar as situações da sua vida. É com uma pedra, com um cajado, com cinco pães e dois peixes, com uma palavra que Deus faz brotar um milagre que muda toda uma vida.

Ore como se tudo dependesse de você. Significa entregar-se na oração, saber que a oração não tem como objetivo mudar a vontade de Deus, mas nos alinhar a ela. Deus é perfeito em amor, em bondade e em poder. Ele é Santo e Senhor de todo o universo. Tudo cabe em suas mãos. Quando oramos devemos nos entregar totalmente ao seu cuidado. Saber que o limite do Seu agir em nós está em nossa disposição de entrega ao seu reino, em amor. Por isso que, em Mateus 6.33, Jesus fala que devemos buscar em primeiro lugar o seu reino e a sua justiça e que todas as demais coisas nos serão acrescentadas.

Pastor Mauricio Baniski

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

O importante não é ser popular














Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR. Josué 24:15

Decidir contra a maioria não é fácil. Olhar todos indo pra uma direção que você sabe não ser a melhor e posicionar-se contrário é uma atitude muito difícil. Seja no trabalho, entre amigos, em casa, a tendência é nos conformarmos, nos adpatarmos, fingir que não percebemos, tentar dar um "jeitinho". Josué deve ter pensado muito antes de ter tomado a sua decisão. Deve ter colocado tudo na balança e ai tomou coragem e decidiu qual rumo ele e sua casa iriam tomar. Josué reuniu todo o povo e declarou: "eu e a minha casa serviremos ao Senhor". Antes ele disse ao seu povo: Façam o que vocês quiserem fazer, vocês já conhecem a verdade, eu tomei a minha decisão e a minha casa está comigo.

Quero te incentivar neste dia a fazer o que tem que fazer. Algumas de nossas decisões não são populares, não agradam a maioria. Mas os constantes aplausos não significam uma vida aprovada.

Quem tem coragem de "remar contra a maré" sempre vai mais longe que aquele que apenas acompanha as ondas. O importante não é ser popular o tempo todo e, sim, sempre, procurar corresponder de maneira positiva aos teus valores.

Um abraço e boa semana

Pastor Mauricio Baniski

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Filhos voltando-se para seus pais


A relação familiar é algo maravilhoso. Deus criou a família para a nossa felicidade e segurança. O lar deve ser o ambiente mais aconchegante e abençoador da nossa vida. Nosso lar deve ser uma ante-sala do lar eterno que vamos ter no céu. Nossa casa deve ser regada de amor, compreensão e paz. Jesus deve reinar em nosso lar. A presença de Deus deve preencher todo o convívio na família. O Espírito Santo deve descer sobre a nossa família todos os dias como orvalho fresco, trazendo renovação e vigor a cada manhã.

Para isto, as relações entre pais e filhos e filhos e pais devem ser pautadas pela Palavra de Deus. A Bíblia diz que o coração dos pais devem estar convertidos aos filhos e o coração dos filhos devem estar convertidos aos seus pais. Deve existir uma volta dos filhos para os pais, uma inclinação de amor, reverência e obediência. Os filhos precisam honrar os pais, amá-los, tratá-los com dignidade e respeito. A autoridade que os pais têm sobre os filhos, não vem deles mesmos, procede de Deus. Resistir a essa autoridade é resistir a Deus. Resistir a Deus é loucura. Quem pode lutar contra Deus e prevalecer? Quem pode zombar da Palavra de Deus e ficar impune? A desobediência aos pais, portanto, é um pecado grave, que atrai maldição sobre os filhos e encurta os seus dias na terra. A desobediência aos pais, é tão grave aos olhos de Deus que Ele a pune ferindo a terra com maldição.

Certos de que Deus está trazendo para a nossa igreja tempos de restauração, conclamamos aos filhos a se voltaram para Deus e converterem também os seus corações aos seus pais. Não seja você, um impedimento à ação do Espírito Santo no seu lar e na sua igreja. Não endureça o seu coração. Não fuja de Deus. Não arranje justificativas para continuar no erro. Humilhe-se diante do Senhor, e Ele exaltará você. Honre a Deus e aos seus pais, e Deus honrará você. Você pode ser uma bênção na sua casa. Você pode ser motivo do louvor de seus pais e não a causa de suas lágrimas e gemidos. Você pode ser um(a) filho(a) abençoado(a), cheio da graça de Deus, cheio do Espírito Santo. Sua casa pode ser mais feliz por causa da sua presença. Experimente esta qualidade de vida superior. Não se contente em nada menos do que consagrar o melhor que você tem a Jesus. O caminho da obediência está coberto de pétalas aveludadas de uma alegria inefável. Seja sábio, ouça a voz de Deus e tome posse dessa vida abundante que Ele quer lhe dar.

Rev. Hernandes Dias Lopes.

Nessa terça-feira estaremos ministrando na Igreja Católica - Av. Tiradentes - as 20 horas - todos estão convidados.

domingo, 7 de novembro de 2010

Decidi...


Depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...

Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.

Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.

Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.

Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.

Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.

Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.

Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.

Deixei de me importar com quem ganha ou perde. Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.

Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.

Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de "amigo".

Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".

Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.

Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...

Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.

E desde aquele dia já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar.

Walt Disney

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Está o teu Deus...


Acima das nuvens está o teu Senhor. Podes não ver, por causa de todas as circusntâncias que você atravessa agora, mas Ele está bem aí, como o sol que brilha acima de todas as coisas.

As nuvens parecem intransponíveis e intermináveis, mas estão de passagem, a luz irá brilhar e um dia lindo verá o raiar do Sol da Manhã, ao nascer de um novo tempo.

Firme o seu coração no carácter de Deus, nas promessas que Ele tem pra você e no seu eterno amor. Obedeça a Palavra de Deus e, com a fé, resista toda vontade de desistir, de voltar atrás.

Você é mais que vencedor... (Romanos 8)

Deus abençoe o seu dia.

Pastor Mauricio Baniski

Descansa o teu coração


"Quando vier o temor , hei de confiar em Ti" Sl. 56.3

Na vida temos muitos momentos em que o medo bate a nossa porta. Mas que bater, muitas vezes, ele invade a nossa vida. Uma noticia, uma situação inesperada, uma pessoa que se levanta ou aparece, uma dívida, uma mentira ou até mesmo uma verdade. Tudo estava bem e, de repente, parece que tudo vira de cabeça para baixo.

Em momentos e situações assim nos sentimos impotentes e frágeis e o medo vem. Começamos a pensar no pior que pode acontecer e o desespero entra como espada afiada que corta a alma. Ficamos inseguros e tentamos encontrar um abrigo, uma proteção.

O salmista Davi, neste salmo 56, apresenta o Senhor Deus como lugar da sua esperança. Para Davi Deus é sua segurança e proteção, seu socorro bem presente em todo o tempo. Davi teve muitas experiências com o Senhor. Viu Deus livrando e abençoando momentos em que uma solução era humanamente impossível. Mesmo tendo suas dificuldades em obedecer sempre a Deus, seu amor pelo Senhor e desejo que Ele participasse de sua vida, fazia com que tivesse experiências incríveis de livramento e provisão.

Davi, assim como eu e você, passou por momentos de muita aflição. No entanto, sua fé não se baseava numa segurança humana, material ou circunstancial. Ele cria que Deus o ajudaria na caminhada. Ele sabia que, independente do tamanho da fé que tenhamos, o medo vem. Mas, quando vier, dizia Davi: "Hei de confiar em Deus".

Neste dia, não sei que sombras inundam a sua alma trazendo o temor. Mas posso dizer que a luz de Deus é mais forte e poderosa. E, Deus diz pra você: "invoca-me e te responderei, confia, descansa o coração". Deus é o Senhor que te cura, que cuida de ti, presente em todo o tempo e que provê com generosidade todas as tuas necessidades.

Creia e viva o milagre em sua vida.

Bom dia

Pastor Mauricio Baniski

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Não há silêncio que não termine

No salmo 13, Davi pergunta por quatro vezes: "até quando Senhor?", seu grito desesperado leva-me a perceber que Deus estava em silêncio. Davi queria uma resposta mas parecia que Deus o havia esquecido, virado as costas para ele. Jesus quando esteve na cruz, morrendo pelo nosso pecado também sentiu a dor do silêncio do Eterno. Na cruz ele pergunta: "Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste?", em outras palavras, porque me deixou falando sozinho, porque não está me ouvindo mais?. Os discípulos havia sido impelidos pelo Senhor a passarem a outra margem do rio, entraram no barco com Jesus e começaram a navegar. Jesus foi deitar. Depois de algumas horas sobreveio uma grande tespestade. Os discipulos tentaram de todas as formas salvar a embarcassão mas o esforço deles parecia impossível. Jesus permanecia deitado. Até que um dos discipulos foi até o Senhor, acordou e perguntou: "o Senhor não se importa que pereçamos?"

O silêncio de Deus não é privilégio meu ou seu. Todos o enfrentamos em algum momento. Eu não sei porque Deus se cala. Qual a razão do seu silêncio em alguns momentos da nossa caminhada. O que sei é que o seu amor não cessa, sua presença é contínua, sem interrupção e a obra que Ele começou Ele vai completar. O que sei é que Ele me ama e cuida de mim. Ele coloca em mim a visão, me capacita, me fortalece, me guia e protege.

Sobre o silêncio do meu Senhor, creio que ele termina. Uma hora Deus fala comigo, Ele sabe o quanto necessito de sua voz. Prefiro dizer como o salmista: "confio na tua graça".

Deus te abençoe.

Pastor Mauricio baniski (São José do Rio Preto)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Jesus cuida de mim


Dias turbulentos
Noites frias
Angustias que parecem atemporais
Feridas que doem

As vezes a gente pensa que não vai passar
O peso nos curva e a falta de visão nos desespera
Passam tantas coisas pela nossa cabeça
E não conseguimos ver uma saída

Mas a Porta vem
A Luz clareia
O Fogo aquece
O Pão alimenta e a Água Viva mata a nossa sede
O Caminho, a Verdade e a Vida sempre vence

Jesus é o príncípio e o fim
Todo o poder está em suas mãos
Não preciso temer em tempo algum
Porque o meu Pastor não irá me faltar

"O Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma, em lugares secos fortalecerá os teus ossos e serás como um jardim regado, como um manancial, cujas águas nunca faltam." Isaias 58.11

Pastor Mauricio Baniski (Em Brasilia - 29.10.2010)

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Brilha no meio do teu viver


muitas horas de espera e sem absolutamente nada para fazer, sentei-me quase em frente a uma engraxateria. O cartaz dizia que Marvin (o nome do engraixate) passaria a graxa de graça nos sapatos. Havia quatro lugares para sentar. A cada homem que ali sentava Marvin fazia a mesma rotina: limpava, passava a graxa e lustrava. O que era diferente era o semblante das pessoas que passavam pelo posto de Marvin. Ele contava estórias ou causos e cada um daqueles homens sérios iam se soltando e muitas vezes dando gargalhadas. Homens que nunca haviam se visto antes engajavam em conversas ora entre eles, ora entre eles e Marvin.

Fiquei ali olhando aquela cena admirado. Um profissão simples, um homem simples. Mas com que amor aquilo era feito! A atitude daquele homem era contagiante. Eu, que estava com tênis, se estivesse com sapato, certamente me sentaria ali somente pelo prazer de conversar com aquele homem. Esse fato me veio à mente um hino que a gente cantava muito no seminário em São Paulo: Brilha no viver

Não somente pra fazer um feito singular
É mister agir com muito ardor,
Mas as coisas mais humildes por executar,
Deves fazê-las com fervor.
Brilha no meio do teu viver,
Pois talvez algum aflito possas socorrer;
Brilha no meio do teu viver.

Muitas vezes em nossa pomposidade e mania de grandeza nos esquecemos que a nossa missão é brilhar onde Jesus nos colocou como sal da terra e luz do mundo. Sonhamos com algo grande e nesse sonho prometemos a Deus que iremos fazer tudo para ele. Quase sempre isso não acontece. A minha oração é que Deus tenha misericordia de mim e de todos nós e que brilhemos não por causa do lugar onde estamos, mas por causa e para a causa dele.

Quase esqueci de dizer que mesmo sendo de graça, não havia uma pessoa que não desse a Marvin um valor bem maior do que aquele que ele porventura teria cobrado.

Antonio Carlos Barro

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Descanse e viva mais...


Que correria... Parece que sempre estamos atrasados. A vida hoje é uma loucura. Bom era a época em que era necessário apenas "matar um leão por dia". Hoje, além de precisarmos de mais, ainda ficou mais difícil encontrar o leão. Na verdade, temos muito pouco tempo para a família, para o descanso, para os amigos, para reflexão e divertimento. E, isso faz a gente perder a qualidade, a alegria, a criatividade e a vontade. O excesso de atividades a muito deixou de ser uma atitude pontual e se tornou um meio de sobrevivência rotineiro indispensável. Penso que não vamos muito longe vivendo desta maneira.

Antes que o médico mande você fazer, quando a "coisa tiver complicada demais", volte-se para si mesmo e respeite os seus limites. Você não precisa ser o melhor o tempo todo, não precisa ser perfeito em tudo, não precisa fazer tudo e nem agradar a todos. Percebi que procuro respeitar a todos, em algumas vezes sendo desrespeitoso comigo mesmo. Percebi que procuro fazer as coisas de maneira que (mesmo sendo impossível) agrade a todos, mesmo desagradando a mim mesmo. Se não quiser adoecer preciso me amar, mudar minha maneira de pensar a vida, reeducar meus hábitos e respeitar meus limites.

De repente, uma caminhada pela vida, mais simples e completa, valha mais a pena que uma corrida sem apreciar e experimentar o cheiro, a textura, o gosto e a sua paisagem.

O feriado está chegando... Aproveite para descansar.

Abraço

Graça e Paz...

Mauricio Baniski